Terça-feira, 13 de Março de 2007

Questionar?

Mais do que saber as vossas convicções religiosas, o que quis com este desafio foi partilhar as minhas perguntas convosco. Acho que, independentemente de credos, as perguntas que faço na música "Que Deus?" são válidas para qualquer pessoa. Todos nós nos questionamos pela razão das coisas. E todos nós temos direito a opinar. Mais do que a pôr em causa a existência do Divino, quis sim, pôr em causa as acções do Homem, que muitas vezes, por motivos duvidosos, se escondem atrás da religião para fazer o mal.
Fiz anos de catequese, numa idade em que as coisas nos são apresentadas e não são questionadas. Mas eu questionei-as, e a meu ver, as coisas não eram tão lineares como as faziam parecer. Vi muita hipocrisia, muito cinismo e muitas contradições. E os dogmas e as supostas verdades absolutas, são tudo menos absolutas. Foram e vão mudando com o tempo.
Acima de tudo, respeito a liberdade de cada um em poder escolher o seu caminho mas o que eu acho que realmente faz a diferença, é o olhar para dentro, olhar para as nossas acções e tentar no nosso dia-a-dia ser pessoas melhores. As minhas convicções religiosas e políticas regem-se pelos mesmos princípios: Paz e Amor. E não é a “Paz e Amor” cliché, o slogan que soa bem e é politicamente correcto, mas sim o estar em Paz com os outros e o estar em Paz connosco próprios.
E vivo a minha espiritualidade à minha maneira. E não vivo com a pretensão de saber tudo. Porque acredito que há algo acima de todos e de tudo, algo que nos escapa. Uns chamam-lhe Deus, eu chamo-lhe Destino. O que não Lhe faltam são nomes. No fundo, é tudo uma questão de interpretação. E as religiões mudam, os cultos mudam mas no fundo, e cada um à sua maneira, falam todos do mesmo. E todos nós, cada um à sua maneira podemos contribuir para um mundo melhor.
Agradeço a vossa participação e peço-vos que façamos deste blog, um ponto de encontro para conversas salutares e positivas.
publicado por bossac às 05:41
link do post | comentar | favorito
62 comentários:
De beto a 14 de Março de 2007 às 18:04
Bem visto Boss !!Só mesmo tu para "largar fogo à tenda"!!Estás discusões fazem falta a todos e questionar é sempre optimo !! Religião nem nunca foi coisa que motivasse para grandes discussões mas por portas travessas acabei a cruzar-me (demasiadas vezes) com pessoas que na minha busca por um determinado estado de bem estar interior me tentaram passar aquilo que para elas seria a solução , e foram muitas e variadas e bolas nunca podia achar que todas estivessem erradas ou ao tentarem partilhar aquilo que julgavam de melhor me quisessem enganar ou prejudicar!!! E agora??Conclusões?? Para mim todos procuram o mesmo e aqueles que praticam com entrega ,gratidão e principalmente coração bem preenchido de coisas boas e genuinas chegam ao mesmo resultado! O resto são "caixinhas" onde a nossa cabeça tem necessidade de arrumar as coisa. Esta é apenas a minha humilde opinião mas acho que pode haver um Deus sim senhor, mas dentro de cada um de nós e quanto a milagres bem então ai nem me restam duvidas !!Um abraço e façam favor de serem felizes (seja lá qual for o caminho que cada um escolha para tal!! Beto-Almada-40 anos-kikas@hotmail.com-fan incondicional de Boss Ac
De Leonor a 14 de Março de 2007 às 20:16
Caros amigos:

Boa noite a todos!
Chamo-me Leonor, tenho 24 anos, sou católica, pratico e ajudo a minha paróquia naquilo que posso, para além de outras actividades.
Louvo a ideia de comentar este assunto, pois parece que hoje em dia cada vez menos as pessoas se interessam por saber se há Alguém que "olha por nós" ou não (penso que é uma consequência da velocidade a todos os níveis dos tempos modernos, que nos impede de reflectir sobre nós e sobre os outros).
Para mim, caros amigos, Deus existe e é infinitamente bom. Tão bom e delicado, tão cavalheiro e atencioso para com os seus filhos, que nunca poderia permitir que a sua paternidade se sobrepusesse à nossa vontade. Se Deus nos livrasse de todos os males, seríamos como crianças mimadas, que nada fazem por si e apenas dependem do pai. Que não sabem gerir as suas vidas, as suas relações. É verdade, infelizmente existem muitos males no mundo. Muitos muitos! Mas porque culpar Deus? Não somos nós que vivemos cá? Não somos nós que infligimos mal uns aos outros? É Deus que faz a guerra, que deixa milhares e milhares de gentes a morrer à fome e à sede? Que deixa homens a sofrer por exploração, por maus tratos, por guerras? Quem faz tudo isto? Quem causa dor no mundo? Eu penso que é o homem. Penso que é o homem que se maltrata a si próprio e que não consegue saír do buraco que cada vez cava mais fundo para si mesmo... Então e Deus? Impávido e sereno? Caros amigos, pensemos um pouco: se Deus nos livrasse do mal, se Ele não nos deixasse fazer o que queremos, se violasse a nossa liberdade que nos deu quando nos criou, mais tarde ou mais cedo estaríamos a acusá-Lo de ditador e prepotente. De pai exigente, que não nos deixa viver. Revoltarmo-nos-íamos contra Ele, porque não nos deixava decidir por nós próprios. Deus não pode fazer isso... Deus criou-nos, sim, mas libertou-nos! Confiou em nós! Fez-nos responsáveis pelo mundo que nos deu! Somos responsáveis uns pelos outros. Somos nós que temos o poder de mudar o mundo, acreditem. O poder de estender a mão para o outro... E o papel dEle é o de Pai que ajuda, que dá a mão para nos ajudar a fazer o bem, que nos ajuda a levantar quando caímos, quando fraquejamos, quando perdemos as forças na luta de todos os dias! Ele está lá para nos ajudar, com muito amor. E sim, rezar é um excelente meio para O sentirmos. Deus não nos livra do mal, porque nós somos livres de escolher o nosso caminho, mas ajuda-nos a saír das pequenas partidas do dia-a-dia. Que todos escolhamos o nosso caminho com responsabilidade.
Boa noite a todos e obrigada pela atenção!
Leonor.
De Sofia a 14 de Março de 2007 às 21:32
Olá a todos!
Sou católica e fiz todos os anos de catequese e já sou crismada. Na altura fez sentido fazer o crisma mas acho que se fosse hoje talvez não optasse por esse caminho. À medida que ia andando na catequese e foi crescendo apercebi-me que muita coisa que nos ensinavam não era praticada ou então era feita da maneira oposta.
Até hoje ainda não consegui perceber o porquê de nas igrejas se ver tanto ouro e prata e outros objectos valiosos. Ainda não percebi porque é que a igreja é tão ostentatória e ao mesmo tempo nos aconcelha a ser simples. Ainda não percebi porque é que no Vaticano há tanto luxo e secretismo quando eles como representantes superiores deviam dar o exemplo.
Por isso ao longo do tempo fui aprendendo que para acreditar em algo superior que me transcende ( e podem Lhe charmar Deus ou outra coisa) não preciso de seguir todas as regras que me são impostas, basta guiar-me pelo meu coração e tentar ser feliz.
Claro que a minha formação na catequese não foi em vão. Penso que além da escola é um local onde se formam pessoas e valores. Digo isto porque tive a aportunidade de ver esta experiência de perto e acreditem ou não as crianças além de aprenderem o catecismo também são educadas.
Sem darem por isso elas aprendem todas aqulelas regras que nos passam a vida a dizer como: "não sejas má , "sê amiga do teu amigo", "sê honesta", etc. Parecendo que não estas coisas ficam na sua cabeça e à medida que crescem vão-se tornando pessoas melhores com a consciência de que o mal não é o melhor caminho. Claro que podem não seguir as regras do catolicismo (como ir á missa e os mandamentos) mas no fundo isso não é o mais importanto porque o principal j á dentro delas.

Claro que não podia deixar de dar os PARABÉNS so Boss AC pela excelente música e pelo video . Fica bem ;)
De Morgaine a 15 de Março de 2007 às 15:15
Deus e os homens.. livre arbitro. Nada mais. Eu lá tenho as minhas razões se acredito ou não mas não culpo nem Deus nem os homens, nem o diabo que os carregue por ter uma doença rara que ninguém sabe o que é. Portanto também não é culpa de ninguém que haja fome e misérias por aí se bem que a livre escolha do Homem podia muito bem evitar estas coisas.

Adiante.. só o facto de ver estas discussões por aqui... de se falar tanto nele, é a prova viva de que Deus existe.

Abraços
De RC a 20 de Março de 2007 às 20:44
Se de facto tens duvidas que DEUS realmente existe...poe DEUS a prova na tua vida.
Não falo de religião,falo de um relacionamento VIVO.Ninguem consegue ver DEUS certo?
Mas para poder entender isso não é com a nossa inteligencia,pk é limitada...mas sim com o nosso coração e com FÉ,se realmente tens vontade de O conhecer,poe DEUS a prova na tua vida.
Resta saber que para chegar a DEUS só ha um caminho e esse caminho é JESUS CRISTO''ninguem vai ao pai senão por mim'' ...aceita Jesus com as tuas palavras e com o teu coração,para que ele seja Senhor da tua vida e Salvador(porque ele morreu pela nossa culpa na cruz sendo inocente)e a tua vida vai MUDAR!!!não estou a dizer que vai ser um mar de rosas, mas vais poder experimentar DEUS como o unico DEUS VIVO.
Escolhe a decisão é tua!a tua vida esta nas tuas mãos e tu decides o k podes fazer com ela...
Boss AC o som ta fixe...tenho a certeza que este blog nao foi criado por acaso...e tenho a certeza que DEUS tem um proposito para a tua vida, como tem para todos nós...resta saber se queremos saber kual é...
cumps
Ricardo C.
De Nádia a 2 de Abril de 2007 às 22:12
oi. antes de mais queria dizer que comecei a gostar deste tipo de musica quando ouvi pela primeira vez uma musica de boss, do primeiro album, quando tinha uns 13 anos(tenho 19) . as tuas musicas entram-me no ouvido e por vezes parece que respondem e questionam questões que "existem" em mim.
normalmente pensamos que os famosos são intocaveis mas com este blog podemos dizer aquilo que queremos a pessoas como tu.
quanto à questao de Deus penso que ele realmente existe. eu sou cristã e não católica, ou seja, acredito em cristo mas não na igreja porque esta é feita por homens. por isto não podemos culpar deus pelos actos do homem. por outro lado não nos podemos esquecer das pessoas que fazem o bem com base nos ensinamentos de Deus. também gostava de dizer que é bom ver que existem pessoas, como tu, que por lutarem por aquilo em que acreditam conseguiram alcançar os seus " quinze minutos".
por fim quero pedir um favor, adorava ter o teu primeiro album mas não o consigo encontrar em lugar nenhum. onde o poderei obter?
espero por um novo trabalho teu...
De Renata a 2 de Maio de 2007 às 14:39
como podem acreditar numa "coisa" que nunca foi vista que nunca deu sinais de si. Aquelas pessoas que fazem promessas á nossa senhora de fatima e outros que dizem ke vao a pe a fatima e issu que vai alegrar mais deus, axu ke nao.
axu ke as pessoas que acreditam em deus em ves de fazer uma promessa a prometer ke vai nao sei aonde deviam eram ajudar os outro porque deus nao fax issu por nox. Ou entao deus fax nos a bontade se nos sacrificarnos a andar centenas de kilometro ate fatimA axu ke tb nao
Se deus é u poderoso porque e ke ele nao acaba com a guerras, com as fomes ou simplesmente issu e obra du diabo.
sinceramente nao acreditu nd dixu prk simplesmente nao tem fundamento.
as coisas acontecem por acaso e nao por que deus quis e nao e por rexar maix que outro vou ter amamha maix sorte du ke ele
a verdade e ke as coisas acontecem agora de kem e a culpa nao sei.
podem criticar a minha maneira de pensar mas e a forma como penso e ander na catequese so me fez pensar naquilo que me tavam a dizer a critica lo
De 123456789 a 16 de Julho de 2007 às 11:42
boss_ac, sabias que a biblia sagrada, mostra as respostas que procuras?
não é presiso fazeres uma musica, basta te informares, as testemunhas de jeová, podem ajudar-te, e eu proprio garanto-te que DEUS NUNCA ABANDONOU A SOCIEDADES, A SOCIEDADE É QUE ABANDONOU DEUS.
comprimentos, e continua com boas musicas.
De Anónimo a 23 de Julho de 2007 às 19:51
Se acreditas na vida Eterna, se queres sobreviver, só tens que cumprir as regras para lá chegar! É uma questão de princípio! Não é Deus que nos exclui da sua eternidade, somos nós que nos autoexcluimos, não cumprindo as condições para lá chegar. Ora se há vida eterna, vale a pena apostar nela, pois é uma aposta de tudo perder ou ganhar, como diz o sábio francês Pascal. E a diferença entre ganhar tudo e perder tudo é simplesmente infinita! Por isso eu acredito e desejo encontrar Deus, do lado de lá, quando partir... (J.Lemos)
De 123456789 a 21 de Agosto de 2007 às 15:03
Boss_ac voces foram os proprios que fizeram uma musica que o refrão era:" não vou julgar-te porque tambem posso ser reú, não vou julgar-te porque quem nos julga está no seu"

Comentar post

.posts recentes

. ...o fechar de um ciclo!

. Comentário sobre o videoc...

. Que Deus?

. Ao vivo e em directo...

. Em directo no SAPO Messen...

. Questionar?

. Diz-me o que pensas e vem...

. QUE DEUS ?

. Biografia

. Tour 2006

.tags

. actuações

. amor

. armas

. biografia

. comentário

. deus

. directo

. exclusivo

. festivais

. guerra

. ilusão

. lá por fora

. letra música

. mundo

. nomeações

. paz

. prémios

. que deus

. sapo msg

. tour 2006

. video

. videoclip

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds