Terça-feira, 13 de Março de 2007

Questionar?

Mais do que saber as vossas convicções religiosas, o que quis com este desafio foi partilhar as minhas perguntas convosco. Acho que, independentemente de credos, as perguntas que faço na música "Que Deus?" são válidas para qualquer pessoa. Todos nós nos questionamos pela razão das coisas. E todos nós temos direito a opinar. Mais do que a pôr em causa a existência do Divino, quis sim, pôr em causa as acções do Homem, que muitas vezes, por motivos duvidosos, se escondem atrás da religião para fazer o mal.
Fiz anos de catequese, numa idade em que as coisas nos são apresentadas e não são questionadas. Mas eu questionei-as, e a meu ver, as coisas não eram tão lineares como as faziam parecer. Vi muita hipocrisia, muito cinismo e muitas contradições. E os dogmas e as supostas verdades absolutas, são tudo menos absolutas. Foram e vão mudando com o tempo.
Acima de tudo, respeito a liberdade de cada um em poder escolher o seu caminho mas o que eu acho que realmente faz a diferença, é o olhar para dentro, olhar para as nossas acções e tentar no nosso dia-a-dia ser pessoas melhores. As minhas convicções religiosas e políticas regem-se pelos mesmos princípios: Paz e Amor. E não é a “Paz e Amor” cliché, o slogan que soa bem e é politicamente correcto, mas sim o estar em Paz com os outros e o estar em Paz connosco próprios.
E vivo a minha espiritualidade à minha maneira. E não vivo com a pretensão de saber tudo. Porque acredito que há algo acima de todos e de tudo, algo que nos escapa. Uns chamam-lhe Deus, eu chamo-lhe Destino. O que não Lhe faltam são nomes. No fundo, é tudo uma questão de interpretação. E as religiões mudam, os cultos mudam mas no fundo, e cada um à sua maneira, falam todos do mesmo. E todos nós, cada um à sua maneira podemos contribuir para um mundo melhor.
Agradeço a vossa participação e peço-vos que façamos deste blog, um ponto de encontro para conversas salutares e positivas.
publicado por bossac às 05:41
link do post | comentar | favorito
|
62 comentários:
De O Impio a 13 de Março de 2007 às 18:26
Boss...por muito que goste da tua musica, acreditar em deuses e como acreditar no pai natal.

Experimenta ler Karl Marx e Thomas Hobbes e veras por ti proprio...
''a religiao e o opio do povo'' '' o medo e a base de todas as religioes e crenças em algo superior''
De Anónimo a 13 de Março de 2007 às 19:09
Acho que não percebeste a letra da música. É que a música diz exactamente o contrário.
De Alexandra a 14 de Março de 2007 às 12:57
de "O impio" - o que significa? Já foste ver ao dicionario? É que os que estamos no blogue, todos temos em comum o desejo de paz, amor... a tua identificação degenera completamente dos restantes, o que desejas tu?
DicLing.port.2003p.e "aquele que não tem piedade ou compaixão, desumano, cruel"
Se isto é influencia do que lês, cuidado, recebe só o que é bom

Comentar post

.posts recentes

. ...o fechar de um ciclo!

. Comentário sobre o videoc...

. Que Deus?

. Ao vivo e em directo...

. Em directo no SAPO Messen...

. Questionar?

. Diz-me o que pensas e vem...

. QUE DEUS ?

. Biografia

. Tour 2006

.tags

. actuações

. amor

. armas

. biografia

. comentário

. deus

. directo

. exclusivo

. festivais

. guerra

. ilusão

. lá por fora

. letra música

. mundo

. nomeações

. paz

. prémios

. que deus

. sapo msg

. tour 2006

. video

. videoclip

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds